O gene da vitória está em nosso DNA

Postado por em janeiro, 2018 em Blog | 0 comentários

O gene da vitória está em nosso DNA

“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança…” [Manual, Gênesis 1, parte do Versículo 26]

DNA é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos.

Não somos parecidos com Deus. Somos mais do que isso! Somos a Sua imagem e semelhança. Além disso, fomos feitos com poder para dominar tudo o que há sob a terra, debaixo dela também. Esse foi o propósito da nossa criação. Seres predestinados para vencer obstáculos, antes mesmo de nascermos. Não querer vencer seria como entrar em um jogo e não querer jogar. Vencer! Creio seja esse o motivo, o qual faz boa parte das pessoas se sentirem infelizes, ou, sentindo que falta alguma coisa em suas vidas. Somos havidos por vencer, desde criancinha, lá nos primeiros anos de escola, querendo vencer o amiguinho, também no videogame, até depois de velho, querendo vencer seus oponentes no trabalho. Estamos sempre querendo vencer, quem não consegue vencer acaba morrendo infeliz. O fato é que todo o processo da nossa existência, desde a gestação, até o nascimento, já demostra essa verdade.

Todos nós desejamos vencer os obstáculos que se põe a nossa frente. E já começamos isso bem cedo! Vencer faz parte da nossa natureza, fomos feitos para isso, desde quando eramos um “simples” espermatozoide

Dos cerca de 90 milhões de espermatozoides que se encontram numa ejaculação, entre 300 a 500 chegam às trompas e “apenas um deles” fecundará o óvulo. Essa foi a nossa primeira vitória. Nascemos porque vencemos essa maratona “espermatozoíca”, caso contrário, você não estaria lendo esse livro agora.

Na verdade não temos como fugir de algo tão intrínseco a nossa natureza. Mas, infelizmente, são poucos os que conseguem vencer. A maioria das pessoas permanecem por toda a vida no mesmo lugar, às vezes, acabam regredindo, jogando fora todo seu potencial.

Nos enganamos quando pensamos que vencer limita-se apenas a alguns poucos “heróis”, mas, lembre-se, antes de serem heróis, foram pessoas comuns, exatamente como eu, você e seu vizinho.

Vencer significa ter uma vida de conquistas em todas as áreas: “pessoal, profissional e espiritual.” E o caminho que leva à verdadeira vitória existem itens importantes e que podem auxiliar-nos a ter uma vida equilibrada, num crescimento contínuo e cheio de vitórias. Detectar e mudar o que a gente vem fazendo de errado pode ser um bom começo para quem deseja ser um vencedor. Agora, de todas as vitórias, a maior e mais difícil delas, é vencer a si mesmo.

Muita gente acredita que perder é sinônimo de fracasso. Mas nem sempre isso corresponde a verdade. Desistir sim! Perder pode significar muito na caminhada rumo a vitória. Na verdade pode estar enrustido dentro de uma derrota o segredo para vencer.

É muito bom falar de algo que a gente conhece bem. Dá um prazer tremendo, isso acontece porque dominamos bem o assunto, por conta das experiências que adquirimos durante a vida. Ah! E se tem algo que eu conheço bem é sobre fracasso!

Em minha história amarguei com três casamentos desastrosos, nove empresas, onde seis delas consegui fechá-las antes que falissem, duas consegui falir judicialmente e uma tento mantê-la de pé até os dias de hoje. Esse é apenas parte do meu currículo, o qual me fez mestre PhD nesse assunto.

Nessa minha jornada de fracasso passei por momentos bem difíceis, quase me tornei mendigo e por algumas vezes cheguei a pensar em suicídio com objetivo diminuir a dor e a pressão que vinha sentindo.

Discutir com Deus, tentando convencê-lo com minhas razões descabidas, se isso fosse possível, perdi a conta de tantas as vezes que tentei persuadi-Lo com minhas ladainhas e justificativas.

“As nossas falhas não necessariamente definem quem somos. O que define quem somos é o que fazemos com elas.”

O que aprendi com meus fracassos foi que não existe fracasso. O que existe são apenas resultados. O resultado daquilo que a gente vem fazendo. Para mudar esses resultados não é preciso mudar o objetivo, mas o que estamos fazendo. E, é bem nesse ponto que a maioria das pessoas costumam consagrar de vez suas derrotas. Em vez de analisar o caminho traçado e mudá-lo, apenas desistem de continuar.

Thomas Edson disse certa vez que muitos dos fracassos da vida ocorreram com pessoas que não perceberam quão perto estavam do êxito quando desistiram. Essa é uma ótima dica, dada por um homem experiente em fracassos, foram mais de “duas mil” tentativas fracassadas antes de criar o seu maior invento – a lâmpada! E se Thomas Edson fosse você! Você teria tentado essas duas mil vezes ou teria desistido nas primeiras cem tentativas fracassadas? Sinceramente, acho que a maioria das pessoas não chegaria a dez tentativas. Isso sendo bem otimista.

Para quem ainda não sabe, para que o povo de Israel pudesse ter seu cantinho ao sol, tiveram que ficar andando por mais de quarenta anos no deserto. Passaram frio, calor, doenças, falta d’água, comida e por todas as espécies de dificuldades e perigos possíveis em um deserto escaldante durante o dia e gelado a noite. Mas ao chegar próximo da terra prometida, a maioria do povo, que lá estavam, não quiseram entrar na terra que emana leite e mel, simplesmente desistiram a um passo da vitória. Por conta disso, apenas duas pessoas dentre elas, conseguiram entrar, isso porque foram os únicos que acreditaram que venceriam a disputa pelo espaço onde Israel está hoje, os demais, por conta de não acreditar que venceriam, tiveram que continuar andando pelo deserto até morrerem, um a um, sem desfrutar da terra que havia sido prometida por Deus.

“Certamente, os varões que subiram do Egito, de vinte anos para cima, não verão a terra que prometi com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, porquanto não perseveraram em seguir-me, exceto Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, porque perseveraram em seguir ao SENHOR.” [Manual, Números 32, Versículos 11 e 12, ênfase adicionada]

Enviar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


Get an awesome sticky message bar!Download

Apenas um Email! Nenhum Spam! Fácil de Cancelar!

Seu Email estará bem guardado.

O potencial humano visto de outra perspectiva Life Coaching, Palestras e Neurolinguística l Doutor Fé O Doutor Fé é Especialista em Neurolinguística, Coach, Palestrante Motivacional, Auto Ajuda, Escritor, Empresário e Amante do Sucesso. life coaching, palestra, palestras, palestrante, auto ajuda, coach, pnl, programacao neurolinguistica, motivacional, motivacionais, doutor fé, doutor fe, coaching, coach, treinamentos, curso, motivação, liderança, líder, leadership, cursos de coaching, curso de coach, coaching organizacional, coaching pessoal, solucoes, tudo sobre coaching, formação de coaching, certificação, o que é coaching, sociedade brasileira de coaching, sbcoaching, serviços de coaching, inteligência emocional, executive coaching, coaching para executivos, master coaching, master coach, lider coaching, lider coach, alpha coaching, alpha coach, neuro coach, neuro coaching, Coaching pessoal, coach profissional, desenvolvimento pessoal, desenvolvimento profissional