Meus 3EUs

Postado por em agosto, 2014 em Palestras | 0 comentários

Meus 3EUs

Os cientistas no campo do potencial humano estimaram que utilizamos apenas dez porcentuais (10%) da nossa capacidade e noventa percentuais (90%) estão dormentes e perdidas.

É triste pensar que depois de milênios ainda usarmos apenas uma pequena parte das nossas habilidades e talentos. O fato é que a maioria de nós não faz a mínima ideia de quanto talento e potencial possuí.

Mas, porque isso acontece?

Esse questionamento me perseguiu por muito tempo. Não parava de pensar que… “se podemos fazer mais do que estamos fazendo, o que nos impede fazê-lo agora?”

A partir de muito estudo cheguei a conclusão que, o que nos impede ir mais adiante fica por conta da falta de um conhecimento mais profundo sobre o real funcionamento humano.

Achamos que o ser humano limita-se em apenas o corpo e a inteligência. Esse limite se dá porque cremos que o que existe é somente aquilo que vemos ou sentimos, estou me referindo as coisas que estão intrinsecamente ligadas aos cinco sentidos, visão, audição, paladar, tato e olfato. O que foge disso nomeamos como sexto sentido ou que fulano ou fulana possui dons especiais de premunição ou coisas do tipo.

Não é raro ouvir relatos de pessoas dizerem que sentiram que não deviam entrar no avião, renderam-se a esse “sentimento” e foram salvos de uma catástrofe. Será que isso só acontece com algumas pessoas especiais e pessoas comuns como nós isso não acontece? Que injustiça seria se isso fosse verdade, não é mesmo?

Um corpo saudável conquistamos na academia, inteligência adquirimos na faculdade, fazendo um doutorado ou MBA. Essas coisas sabemos bem como conquistá-las. Mas, e a sabedoria, o discernimento e o entendimento? Como podemos adquirir esses predicados tão importantes para o nosso potencial?

Algumas pessoas insistem em pensar que a felicidade está ligada a coisas imediatas como ganhar na loteria, ser promovido no trabalho ou conhecer uma pessoa maravilhosa. Mas a felicidade é mais do que uma questão de sorte ou acaso. É claro que ter sorte ou má sorte pode interferir em nossas vidas. Mas ser feliz depende muito mais de nós mesmos e das escolhas que fazemos diariamente.

A grande verdade é que a força e o poder para uma vida de sucesso e realização pessoal está em nós desde o nascimento, basta apenas saber que existem e aprender a usá-los adequadamente. Posso afirmar que isso está mais fácil da gente do que imaginamos, pois, já nascemos com todos os acessórios necessários para alcançarmos todo o sucesso que quisermos em nossas vidas.

Eu assemelho essa ideia a um celular sofisticado, se não descobrimos tudo o que ele pode nos oferecer em termos de tecnologia nunca usaremos o aparelho num todo. Ficaremos apenas com os comandos básicos, fazer e receber chamadas, enviar um SMS aqui, outro acolá, as vezes uma entradinha na internet, apenas usando-o superficialmente. Não mais que isso!

Com o ser humano acontece do mesmo jeito. Por falta de conhecimento de como funcionamos, ficamos apenas com os comandos básicos, aqueles que aprendemos com a vida, baseado naquelas pessoas que nunca conseguiram usar seu potencial por completo. Aqueles que também pararam nos tais dez por cento (10%), como nossos pais, professores e amigos, por exemplo.

Para usar mais, antes, será necessário mudarmos nossos conceitos em relação a esse assunto. Será preciso mudar os padrões de pensamento adquiridos e que nunca funcionaram de fato.

Creio que algumas pessoas conseguiram ultrapassar esse limite, muitos deles até sem saber como, mas, de um jeito ou de outro acabaram ultrapassando as barreras do potencial humano. Me refiro aquelas pessoas que acabaram, sem querer, se deparando com situações difíceis, quase sem saída, como uma doença ou uma falência por exemplo e conseguiram dar a volta por cima. Pessoas com deficiências enormes que poderiam impedir seu sucesso mas conseguiram superar-se, como o Nick Vujicic, mesmo sem pernas e braços dá um show de vida e superação para todos nós, atletas como Ayrton Senna e suas vitórias inesquecíveis que lhe fizeram ultrapassar seus limites físicos e de equipamentos, ou o famoso maestro Beethoven, que mesmo após sua surdez, continuou tocando piano, regendo orquestras e compôs a sua obra-prima, a Nona Sinfonia “Coral”. Esses são os mais conhecidos, mas posso garantir que existem muitos outros espalhados por ai. Talvez, você seja um desses, não é mesmo?

Ficamos concentrados em ter um corpo físico perfeito e em tornar-se cada vez mais inteligente. Isso é bom, porém, acabamos nos esquecendo de outras coisas tão importantes ou até mais do que essas e assim limitamos todo o nosso potencial.

Tenho uma teoria para isso: “Se você não conhece, não usa bem, se não usa bem, limita seu uso.”

Não estou falando de “religião”. Inclusive gostaria sugerir, que, pelo menos, por hora, você esqueça suas “crenças” e se concentre somente no potencial humano.

Veja se não estou certo em dizer que as vezes nos falta conhecimento:

Você sabe que possui um corpo, uma alma e um espírito?
Você sabe para que serve o seu corpo?
Você sabe para que serve a sua alma?
Você sabe para que serve o seu espírito?

Se a resposta for sim, ótimo, parabéns, pois você já deve estar usando todo seu potencial. Mas, se a resposta for um não, para qualquer uma das perguntas, significa que o seu potencial já está comprometido. Não basta apenas saber que você possui um corpo, uma alma e um espírito, ou até mesmo para que servem todos eles se você não tem a mínima ideia de como usá-los adequadamente.

Para mim os tais dez por cento (10%) que usamos fica por conta de estarmos usando apenas dois dos 3EUs, deixando um de lado, o nosso espírito.

É importante entender que o nosso espírito faz parte desse “Teamwork”. E quando conseguimos fazer com que esses 3EUs trabalhem juntos em prol do que queremos é nesse momento que se forma o POTENCIAL HUMANO. Aí, meu caro (a) é só usá-lo adequadamente em prol dos nossos desejos de conquistas.

Creio sinceramente que aumentaríamos muito esses dez percentuais (10%) se colocássemos nosso espírito para trabalhar em prol dos nossos objetivos em vez de deixá-lo simplesmente esquecido. Vendo os nossos erros de camarote.

Em meus estudos descobri que temos dificuldades em alcançar nossas metas simplesmente porque não incluímos esse terceiro EU em nossos projetos de conquista. Cremos erroneamente achar que cuidamos desse EU apenas indo à igreja no domingo ou ajoelhando a noite para rezar. Fazer isso é outra coisa, importante e necessário, mas não é a isso que me refiro nesse momento.

O espírito se diferencia em seu uso. Enquanto um dos EUs está ligado a matéria e o outro a inteligência, e o espírito ligado a sabedoria, entendimento e ao discernimento. Costumo dar um exemplo dessa hierarquia assemelhando-os uma hierarquia militar, vejamos como a seguir:

O corpo é o soldado, a alma o sargento, o espírito o general. Diga-me então! Com base nesse exemplo, daria para dispensar qualquer um desses EUs numa guerra (a guerra da vida)? Ao fazer isso comprometemos nossas batalhas, por consequência, dificultamos as nossas conquistas.

Quando iniciei meus estudos a esse respeito meu ponto de partida foi a partir do seguinte pensamento: “Se de fato possuo um corpo, uma alma e um espírito, alguma serventia devem ter. Não é possível que esses EUs existam sem que haja uma finalidade específica para cada um deles.

Manual do ser humano, em Tessalonicenses 5:23 – “…e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, seja, plenamente conservados irrepreensíveis…” João 15:5 – “Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. [ênfase adicionada]

Testemunhos do 


  • "Olá caro escritor! Meu nome é Daniel, tenho 31 anos, esse seu comentário sobre diversas coisas e áreas da vida e exemplos me fizeram relembrar várias coisas que já vivi e muitas consequências que estou vivendo por conta de persistir em ser um empresário, meu sonho é ser independente, fazer algo que eu amo e tornar minha vida um pouco mais divertida, pois não tenho muito animo na quilo que eu faço pra sobreviver, espero um dia ser capaz de ser vitorioso em minhas persistências pois sou determinado mas muito teimoso obrigado por mudar um pouco meu modo de pensar e ver as coisas!"

    "Daniel Brum"
  • Espaço teste...

    "Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore te feugait nulla facilisi. Nam liber tempor cum soluta nobis eleifend option congue nihil imperdiet doming id quod mazim placerat facer possim assum."

    Option Congue Company, Co
  • Espaço teste, em construção…

    "Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore te feugait nulla facilisi. Nam liber tempor cum soluta nobis eleifend option congue nihil imperdiet doming id quod mazim placerat facer possim assum."

    Option Congue Company, Co

 

Enviar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


Get an awesome sticky message bar!Download

Apenas um Email! Nenhum Spam! Fácil de Cancelar!

Seu Email estará bem guardado.

O potencial humano visto de outra perspectiva Life Coaching, Palestras e Neurolinguística l Doutor Fé O Doutor Fé é Especialista em Neurolinguística, Coach, Palestrante Motivacional, Auto Ajuda, Escritor, Empresário e Amante do Sucesso. life coaching, palestra, palestras, palestrante, auto ajuda, coach, pnl, programacao neurolinguistica, motivacional, motivacionais, doutor fé, doutor fe, coaching, coach, treinamentos, curso, motivação, liderança, líder, leadership, cursos de coaching, curso de coach, coaching organizacional, coaching pessoal, solucoes, tudo sobre coaching, formação de coaching, certificação, o que é coaching, sociedade brasileira de coaching, sbcoaching, serviços de coaching, inteligência emocional, executive coaching, coaching para executivos, master coaching, master coach, lider coaching, lider coach, alpha coaching, alpha coach, neuro coach, neuro coaching, Coaching pessoal, coach profissional, desenvolvimento pessoal, desenvolvimento profissional