Fazer diferente cria resultados diferentes

Postado por em janeiro, 2018 em Blog | 0 comentários

Fazer diferente cria resultados diferentes

As três coisas importantíssimas para se alcançar um objetivo

A primeira é a de nunca trazer para si um objetivo sem planejá-lo antes.

A segunda é saber se você possui de fato as condições necessárias para alcançá-lo.

E a terceira, para mim, a mais importante, é uma vez decidido seguir adiante com seu objetivo, não desistir jamais dele, nem mesmo se o diabo subir pessoalmente do inferno só para dizer para você parar com essa ideia. Diga não ao “maledeto” e continue, continue e continue tentando até alcançar o que almeja.

Toda vez que você não desiste, você descobre um pouco mais sobre si mesmo e toma consciência do poder que estava enrustido dentro de você.

Quando desistimos de um objetivo uma, duas ou três vezes, automaticamente fica gravado em nosso arquivo mental a seguinte informação “objetivo é igual à dor.” É como se uma sirene vermelha começasse a piscar e dizer: Perigo, perigo, perigo, abortar, abortar, abortar… Se nessa hora desistirmos de continuar, dali para frente todo objetivo similar será repelido pela nossa mente. Isso porque verá sempre esse objetivo como grande gerador de dor. Isso responde porque muitas pessoas tentam alguma coisa, sem sucesso. Isso porque tentam, tentam e desistem sempre. Sendo que outros decidem fazê-lo, não desistem, e mais cedo, ou mais tarde, conseguem o que queriam.

O ser humano possui diversas formas de proteção, funciona como um antivírus, o qual é acionado com objetivo não sermos infeccionados por um vírus qualquer. No caso esses servem para evitar que sintamos dor por algum motivo.

Veja que interessante: Uma pessoa casada que tem uma experiência ruim no relacionamento tem dificuldade de relacionar-se novamente. Isso acontece porque ficou gravado em seu arquivo mental a seguinte informação: “Casamento é igual a dor.” O que faz evitar um relacionamento mais profundo.

Fazer diferente cria resultados diferentes.

Eu quando mais jovem fumava, hoje graças a Deus não mais. Em um belo dia decidi parar fumar e parei facilmente, por alguns anos. Mas de repente decidi voltar a fumar. Assim fiz. Depois de um tempo decidi parar novamente e parei facilmente por mais duas ou três oportunidades. Todas as vezes que tentei parar eu consegui sem grandes esforços e sofrimentos.

Mas porque foi tão fácil para mim e para outras pessoas isso não acontece? Será que é porque eu sou uma pessoa especial? Claro que não! Eu sou como qualquer outra pessoa, visto a calça uma perna de cada vez. Na verdade isso aconteceu porque quando decidi parar de fumar pela primeira vez não desisti desse objetivo, fui até o fim. Sai desse objetivo vitorioso. Senti o gostinho, não mais da nicotina, mas da vitória! O ato de parar de fumar em meu arquivo mental não ficou associado a dor de parar, mas sim do prazer em parar de fumar. Por isso é que se tornou tão fácil parar todas as vezes que tentei. Isso é ciência, é PNL (programação neurolinguística).

Porque muitas pessoas desistem dos seus sonhos?

Na minha opinião um dos maiores problemas que contribuem fortemente para desistirmos dos nossos objetivos fica por conta do tal “gigante interior” existente dentro de cada um de nós. O que está por trás dos livros como “O Segredo”? Se você leu esse best-seller de Rhonda Byrne, ou assistiu ao filme que inspirou o livro, você pode estar se perguntando como colocar este segredo em prática em sua vida. Como usar o que aprendeu no livro para transformar a sua saúde, a vida financeira, relacionamentos, etc? Agora, se você for mais adepto ao estilo de “Desperte o Gigante Interior” (original: Awaken the Giant Withi) de Anthony Robbins, pode estar se perguntando… OK! Mas como faço para despertar o gigante interior que existe dentro de mim? A questão é que, se existe mesmo um gigante dentro de cada um de nós, porque devemos acordá-lo? Por que esse gigante dorme? Até consigo entender essa ideia de que possuímos um grande potencial dormente dentro de cada um de nós. O que não é fácil entender é porque se torna tão difícil colocar todos essas dicas que vemos por ai em prática. Para mim o problema não é exatamente porque o gigante dorme, ao contrário, o problema é porque está acordado, impedindo a nossa felicidade.

Na verdade esse gigante é um grande “seca pimenteira” que passa a vida toda boicotando as nossas conquistas. Mas quem é “seca pimenteira”? A resposta é você mesmo! Como cheguei a essa conclusão? Na verdade tudo o que foge as nossas mãos parece sair do controle. Mas se pararmos para pensar nunca estiveram em nossas mãos, como pensamos. Na verdade o que fazemos não é controlar mas criar uma “zona de segurança”, uma “zona de conforto” com objetivo claro de não sentir dor.

Para facilitar o entendimento devemos questionar algumas coisas antes:

  • Quem que, quando, quer parar de fumar sabota esse desejo voltando sempre a fumar?

  • Quem é que, quando quer emagrecer, se sabota na mesa ou na academia?

  • Quem é que, quando passa por dificuldades na família, desiste de lutar por ela?

  • Quem é que, quando enfrenta problemas financeiros, cai no desespero?

  • Quem é que, quando está sem dinheiro entra no cheque especial ou sai as compras no shopping mandando ver no cartão de crédito, como se nada estivesse acontecendo?

  • Quem é que, quando, se sente infeliz, desiste de viver tirando a própria vida?

  • Quem é que, quando está a quinze minutos na esteira diz a si mesmo… “Eu não aguento mais”, vou parar?

  • Quem é que, quando o chefe impõe uma meta, diz… “Não vou conseguir?”

  • Quem é que, no meio de uma tribulação, diz… “Deus não me ama!”

  • Quem é que, quando vê um problema chegando sai de fininho para não sobrar para si a incumbência de resolvê-lo?

  • Quem é que, por medo de enfrentar as dificuldades da vida se esconde atrás de uma garrafa de bebida ou de uma marijuana?

A resposta não seria nós mesmos?

O principal segredo do sucesso é tentar só mais uma vez. Pode observar com atenção isso: Pessoas de sucesso nunca param de tentar. Existem características comuns em todas elas, independentemente da área em que atuam. Mas uma parece ser unânime entre eles – a persistência!

Os bem-sucedidos sempre comentam com êxtase sobre suas dificuldades e as dificuldades que tiveram de passar até suas conquistas e como conseguiram permanecer firme em suas ideias sem desistir. Existe até um ditado que diz: “Não importa o número de vezes que você caiu, mas quantas você se levantou.”

Phil Knight, fundador da Nike, resumiu isso quando disse: “O segredo é tentar só mais uma vez. Até acertar. Porque o acerto final é maior do que todos os erros anteriores.”

Muitas pessoas não entendem que a maioria das coisas não dão certo na primeira vez. Não adianta ser só otimista ou ter pensamentos positivos. É preciso tentar até dar certo.

Napoleon Hill, autor do clássico de autoajuda “Pense e Enriqueça”, dizia em seu livro que é preciso aprender a conviver com o fracasso, o erro, o cansaço, o desânimo e a desmotivação. A verdade é que as pessoas de sucesso também passam por isso. A diferença é que não desistem hoje, porque sabem que prejudicarão a si mesmas amanhã.

Alguns semeiam hoje e já querem colher amanhã. A vida não funciona assim, ela tem ciclos, fases e estações. “Você deve se adaptar fazendo o que é certo, até dar certo.” Mesmo que demore um pouco mais do que imaginava. Essa é a importância da persistência. Esse é o caminho do sucesso.

Mas se é verdade que a persistência é fundamental para o sucesso por que tantas pessoas desistem? É importante entender que tudo o que fazemos hoje influenciará você mesmo, só que amanhã. Se amanhã eu quiser ser mais magro preciso comer menos hoje. Se amanhã quiser mais oportunidades de trabalho preciso estudar mais hoje. Somos sempre nós mesmos que pagaremos o preço. O “eu agora” precisa se sacrificar para que o “eu amanhã” possa ser mais feliz. É nesse ponto que a maioria das pessoas tem um problema, isso porque o “eu hoje” fica com preguiça e não quer pagar o preço do amanhã. Desistem e se acomodam onde estão.

Calvin Coolidge, foi presidente dos Estados Unidos entre os anos de 1923 a 1929 e disse o seguinte: “Nada no mundo pode substituir a persistência. O talento não substitui; nada é mais comum do que pessoas talentosas e fracassadas. A genialidade não substitui; genialidade sem recompensa é a coisa mais comum do mundo. Educação não substitui; o mundo está cheio de desajustados bem-educados. Apenas a persistência e a determinação são onipotentes.”

Somos facilmente vencidos e desistimos dos nossos sonhos porque acreditamos que será impossível tamanha as dificuldades que teremos de enfrentar para alcançá-los. As vezes caímos em desespero por causa de um problema que nem existe de fato ou não é tão grande como pensamos. Só o tamanho do gigante já é suficiente para nos aniquilar e assim vemos mais uma chance de vitória esvai-se pelo ralo da derrota.

” Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” [Manual, livro de Romanos 12, versículo 2, ênfase adicionada]

by df´

Enviar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


Get an awesome sticky message bar!Download

Apenas um Email! Nenhum Spam! Fácil de Cancelar!

Seu Email estará bem guardado.

O potencial humano visto de outra perspectiva Life Coaching, Palestras e Neurolinguística l Doutor Fé O Doutor Fé é Especialista em Neurolinguística, Coach, Palestrante Motivacional, Auto Ajuda, Escritor, Empresário e Amante do Sucesso. life coaching, palestra, palestras, palestrante, auto ajuda, coach, pnl, programacao neurolinguistica, motivacional, motivacionais, doutor fé, doutor fe, coaching, coach, treinamentos, curso, motivação, liderança, líder, leadership, cursos de coaching, curso de coach, coaching organizacional, coaching pessoal, solucoes, tudo sobre coaching, formação de coaching, certificação, o que é coaching, sociedade brasileira de coaching, sbcoaching, serviços de coaching, inteligência emocional, executive coaching, coaching para executivos, master coaching, master coach, lider coaching, lider coach, alpha coaching, alpha coach, neuro coach, neuro coaching, Coaching pessoal, coach profissional, desenvolvimento pessoal, desenvolvimento profissional